Quando o casal se redescobre


Imagem

 

Era estranho, casados a tão pouco tempo e o fogo já estava diminuindo. Não sei explicar, apenas estava diferente. O sexo era bom, mas sem fogo, dá para entender?

Engraçado é que ele parecia ter vergonha de mim, sei lá!! Nunca me chupava e nem deixava eu chupá-lo. Achava até que era só para obrigação de marido que transavamos. Nem gozar ele deixava que eu visse, corria para o banheiro se masturbar. Isso foi me deixando uma porcaria na cama, apenas fazia por obrigação também.

Até que um dia, cansada de ser só uma boneca de sexo sem sal, resolvi melhorar (ou estragar) nosso casamento. Fui a um sex-shop perto de casa e comprei umas coisinhas.

Nada de estranho, afinal eu não queria perder o marido, mas quando ele chegou do trabalho à noite, a mesa estava colocada e ele percebeu algo diferente no ar – segredinho, joguei o perfume que ele mais gostava pela casa.

Jantamos e fui direcionando a conversa para o sexo e não deu outra. Acabamos de arrumar tudo e fomos para o quarto. ele foi tomar banho e eu montei o cenário de nossa noite de amor.

Velas aromáticas, uma lingerie minúscula e um som bem romântico, não precisava ser estuprada, só queria ser bem comida!!! E quando ele saiu se espantou, mas não comentou nada – o que já era bom!

Ele se deitou e eu logo fui para o ataque. Comecei a beijá-lo. Ele estava nú, com o corpo ainda úmido do banho. Peguei um óleo e comecei a passar em seu peito, desci para suas pernas e quando fui abocanhar seu membro e me segurou. Me soltei e segurei os braços dele com delicadeza, mas forte! E pedi para nunca mais fazer isso e desci novamente engolindo de uma vez seu pinto que já estava armado com as carícias preliminares.

Chupei como uma vadia … lambendo e sugando suas bolas e seu pau. Às vezes parava de chupar e olhava para ele enquanto masturbava aquele cacete rijo. Subi e me sentei na sua cara, e gritei: – Me chupa seu safado!! E depois me fode com vontade até eu desmaiar de tesão.

Ele se assustou mas obedeceu, percebeu que também estava gostando daquela mudança e sentiu desejo de me possuir como uma puta!!! E entrou na brincadeira.

Me espantei quando começou a me chupar e a me lamber … já conhecia toda a minha buceta da época de namoro, mas deveria estar com saudades de sentir seu gosto e se deliciou e gozei em sua boca, gemendo e gritando.

Quando percebeu que gozei me jogou pra traz e se deitou sobre mim. Perguntou se estava tudo bem … quando acenei que sim com a cabeça ele me penetrou com toda a força, achei que fosse me rasgar com o impacto … mas gemi e me deixei levar pelo vai e vem de sua pica na minha xota!!!

Ele começou a ofegar, e disse para ele não gozar .. eu queria mais!!! E bati levemente no seu rosto. Ele me devolveu um tapa mais forte e me virou de quatro. Socou forte na minha buceta me chamando de cachorra … e mandava eu gemer .. que se eu queria ser uma vadia ele ia fuder minha buceta até eu cansar!!!!

Depois de um tempo eme me chamou para chupar o seu pau, percebi que ia gozar e comecei a chupá-lo até que ele gemeu e eu deixei que goza-se sobre seus seios. E eu comecei a chupá-lo novamente!!!

A noite só estava começando e foi a primeira de muitas de loucuras na cama.

Via : http://deliriosedesejos.wordpress.com

Conheça nossa pagina no facebook :

https://www.facebook.com/ComoDizerQueQueroVoce?ref=tn_tnmn

Conheça nosso Tumblr:  http://comodizerquequerovoce.tumblr.com/

Beijo super gostoso para você que leu até aqui !!!

Anúncios

Bondage No Motel


Imagem

Bondage no Motel
Ao entrarmos no quarto do motel… peguei uma cadeira e mandei ela
sentar ali… com as mãos para trás… amarrei-a bem e então
fiquei em pé á sua frente… admirando aquela fêmea indefesa ali
á minha disposição… camisa amarrada na cintura… alguns botões
desabotoados nos seios mostravam metade dos seios e seu sutiã…
apalpei aqueles lindos seios com minhas mãos e os apertei um pouco
fazendo ela gemer… que tesão!!
Sua calça era do tipo calça baixa e mal escondia sua calcinha…
sua barriga e umbigo estavam totalmente á mostra…
desabotoei a calça e abri o zíper, revelando sua calcinha…
Ela me olhava com uma mistura de medo e tesão
Nada podia mais fazer, pois era minha, todinha minha…
Mostrei-lhe a mordaça, e ela quis negar, mas não teve jeito,
foi amordaçada e bem apertadinha…

Suas pernas estavam ainda livres e se debatiam para levantar, fugir…
Mostrei-lhe mais cordas e seus olhos se arregalaram…
sua cabeça remexia para os lados, tentando dizer não…
mas sem dó… e excitado demais… amarrei seus pés um de cada lado
puxando-os bem para trás… ela ficou linda ali bem amarradinha…
mal podia se mexer… sentia sua excitação… seu tesão em estar
dominada e a mercê de seu homem… imaginando o que viria ainda…
mostrei-lhe um dos vibradores… cheguei bem perto de seu rosto
e liguei-o… passei ele vibrando em seu rosto e fui descendo
entre seus seios… massageando seus bicos que estavam durinhos de tesão…
cheguei ao umbigo e fui descendo… então ela começou a se debater
nas cordas e amarras e gemendo muito e abafado pelas mordaças…
enfiei a ponta de meu dedo em sua calcinha e pude perceber
seu liquido escorrendo por entre suas coxas revelando-me
que estava bem lubrificada…
desliguei então o vibrador e o pus dentro da calcinha, bem na entrada 
da vagina… dei um breve intervalo e fui pegar outra cadeira e 
sentei-me na sua frente… me ajeitei como se estivesse sentado
num sofá… bem a vontade… olhar de deboche por sua vulnerabilidade
e muito excitado com a linda visão… o vibrador tinha um longo fio
que podia ser controlado por mim, as velocidades e o liga-desliga também…

Então olhando-a nos olhos com uma cara safada e debochada… liguei o
vibrador e ela então começou a se contorcer toda, debater e gemer
loucamente de tesão… ora olhando-me nos olhos, ora olhando para cima, 
pois se contorcia muito a cabeça para trás e para frente… enfurecida
pelo imenso tesão de estar bem amarrada e sendo bolinada também…
a sensação de prazer e tesão era incrivelmente deliciosa e sentia
vontade de gozar na hora… mas… ao perceber… desliguei o vibrador…
coloquei minhas pernas em cima das delas… me estiquei na cadeira para trás…
e me deliciei olhando sua furia de tesão cortado e seu olhar reprovador
pareciam me odiar e chamar de safado, cretino e outras coisas mais…
eu me deliciava com a cena e ria super excitado também… e…
quando ela parecia se acalmar eu voltava a ligar o vibrador… mas desta
vez com uma vibração bem fraca, a deixando louca de prazer… olhando-me
e implorando para aumentar a vibração, deixa-la gozar logo de uma vez…
mas eu me controlava, queria deixa-la exausta de tesão… queria
acumular seu tesão, prazer ao máximo… e me divertia com a cena…
Apertava meu pênis com força, com minha mão, para acalmar meu tesão imenso…
e ligava e desligava o vibrador, fazendo-a gemer tanto e se debater…
mal conseguindo ouvir seus xingamentos abafados pela mordaça…

Então me levantei e disse a ela que iria tomar um banho agora e
que a deixaria ali, amarradinha, sem gozar… para quê!…
ela enlouqueceu… pediu com os sonhos clemência…
queria gozar… não aguentava mais de tesão… xingava…
então eu disse… Faremos assim:
Vou tomar meu banho e deixo o vibrador ligado no mínimo… ok?
Ela fez que nãooooo… e fiz que nem ouvi… liguei bem baixo
e disse a ela: Se vira… goza se puder!!!

E sai sorrindo debochado, com meu pênis quase explodindo
de tanto tesão com a cena de contorções ali.

Fonte: Contos Fetiches

Conheça nosso Tumblr: 

http://comodizerquequerovoce.tumblr.com/

Beijos Dona Menina ♥

 

LEMBRANÇA BOA


Toda Lembrança que fosse assim … Seria divina !!
Mais um conto saindo do forno quantos curti merece …?

Nega era uma moça bonita, morena brejeira, 27 anos e sedução à flor da pele. Tinha um lance que ela gostava muito de lembrar…Um belo dia, saindo do trabalho, ela entrou no ônibus sentido zona leste para pegar sua filha na casa da sogra .

O cansaço do dia a dia não deixou ver quem estava ao seu lado. Passando dois pontos (depois que ela entrou no ônibus), Wellington virou-se e puxou assunto referente ao trabalho dela. Descobriram-se colegas da mesma empresa, porém em setores diferentes. Acabaram se conhecendo ali no ônibus. Logo chegou o ponto dele, despediu-se e o coração de Nega foi a mil. Uma sensação especial tomou conta dela, apesar de ser casada. Estava enfrentando uma crise terrível na relação… Estava a ponto de terminar um casamento de 8 anos e dois filhos.

Chegou em casa muito cansada mas também empolgada com o encontro inusitado. Foi direto tomar banho, até para evitar conflitos com o marido pois as brigas eram constantes. Muita cobrança, a rotina e família se intrometendo… realmente tudo estava muito desgastante .

( Clique no link para continua lendo ….!!)

O que é Kama Sutra?


ImagemKama Sutra é hoje o mais conhecido livro do amor. Embora seja um livro sobre sexo, é preciso considerarque o livro enfatiza a arte e os modos que uma pessoa deve praticar o sexo, envolvendo todos os cinco sentidos: audição, tato, visão, paladar e olfato, além da mente e da alma.

O seu nome provém da divindade masculina hindu Kama, que simboliza o desejo e o amor carnal, e Sutra, que significa conjunto de ensinamentos, no antigo sânscrito. Este manual indiano foi escrito no século IV pelo sábio e nobre, Vatsyayana, para a nobreza da Índia, e especificamente para os homens, embora as necessidades femininas não tenham sido ignoradas em suas páginas. Muito pelo contrário. O autor relata detalhadamente as instruções corretas para a excitação da mulher pelo parceiro, incluindo a importância do homem fazer a mulher atingir o orgasmo, seja pelo ato sexual em si, ou através de carícias.
O Kama Sutra traz um conjunto de regras sobre a prática do amor, segundo os princípios da filosofia indiana, que eleva o sexo a uma experiência sexual magnífica. As exigências físicas para realização das posições do Kama Sutra o tornaram famoso, pois algumas parecem perfeitas acrobacias e outras, lembram as posições usadas na yoga.
Esse ebook não é apenas um manual de posições. Além de descrever, detalhadamente, mais de 70 formas de de amar, consideradas essenciais, pretende também ser um guia para desenvolver o erotismo e sensualidade de ambientes, situações e pessoas. Velas e óleos aromáticos, comidas afrodisíacas, perfumes e músicas, fazem parte de todo o ritual.

 

Conheça nossa pagina no Facebook : : https://www.facebook.com/ComoDizerQueQueroVoce

Beijos Dona Menina 

 

PARA QUE SERVE LUBRIFICANTE??


Imagem

O lubrificante íntimo ajuda a garantir a lubrificação ideal na hora da transa, evitando qualquer desconforto e dando uma mãozinha para você sentir muito prazer durante a penetração. Seja para o sexo anal ou para a penetração vaginal, mantenha os órgãos sexuais bem molhadinhos!

Os ginecologistas costumam indicar o uso do lubrificante em relações sexuais para diminuir qualquer possível incômodo ou apenas para aumentar o prazer sexual da mulher e do homem. Entretanto, ainda existe um preconceito por parte dos parceiros, pois muitos interpretam que se a mulher precisa usar lubrificante é porque não conseguiu ficar tão excitada, ou seja, não está gostando da relação, o que não é verdade.O lubrificante á importante para garantir o conforto da mulher durante a penetração, além de servir para trazer outros benefícios especiais para a transa. Por exemplo, existem versões de lubrificantes que aquecem em contato com a pele, possibilitando uma nova sensação de prazer; outras que possuem microcápsulas explosivas de lubrificante; algumas versões apresentam uma substância capaz de retardar o orgasmo masculino, possibilitando uma relação sexual mais longa; outras prometem anestesiar a região; e muitas delas ainda liberam perfumes agradáveis, como odores de chocolate, baunilha, morango, menta… Experimente depois nos avise o que achou …. beijos

Conheça nossa pagina no Facebook e também nosso Tumblr:

https://www.facebook.com/ComoDizerQueQueroVoce?ref=tn_tnmn

http://comodizerquequerovoce.tumblr.com/

Beijos Dona Menina !!!

O QUE É POMPOARISMO?


Imagem

 

O pompoarismo nasceu na Índia e é uma técnica milenar que foi aprimorada no Japão e na Tailândia. Essa técnica consiste na contração e relaxamento dos músculos vaginais. Sua utilização busca melhores resultados no prazer sexual, porém é utilizado também para facilitar na hora do parto normal e na recuperação pós-parto, além de muito eficaz para o tratamento de incontinência urinária. Essa técnica foi melhor adaptada pelo médico ginecologista Arnold Kegel, que desenvolveu exercícios para auxiliar suas pacientes.

Para o treinamento são utilizadas os ben-wa ou “bolinhas tailandesas”, como costumam ser chamadas, que consistem em pequenas bolinhas ligadas a um fio de nylon. Basicamente, o treino está dividido em sugar, segurar e expelir as bolinhas com a força dos músculos vaginais.
Não esqueça que só com muito treino e dedicação poderá alcançar os resultados pretendidos. Tente, experimente, afinal você não tem nada a perder, só a ganhar.

Conheça nossa pagina do Facebook : https://www.facebook.com/ComoDizerQueQueroVoce?ref=tn_tnmn

By Dona Menina

 

Chuva Dourada


Eu tive um namorado que foi o responsável, digamos assim, pelo meu interesse em práticas sexuais mais ousadas. Com ele aprendi a me soltar, a falar durante a transa, a contar e tentar realizar as minhas fantasias. Se o Ricardo teve a sua professora de sexo, eu tive uma pessoa que abriu a minha mente, que mostrou que o limite do prazer é a gente mesmo que estipula.

Quando estávamos inspirados (e isso era quase sempre que nos encontrávamos), o sexo nunca era igual.

Um noite estávamos naquela coisa de pegação, mão aqui, mão ali, dedos aqui, dedos ali, e resolvemos falar sobre fetiches, quais as taras um do outro, adorávamos ficar nos provocando e fantasiando, comentando o que poderia ser, como gostaríamos de fazer, e claro, fazíamos… rs

Então ele vem com a novidade da vez: já ouviu falar em “chuva dourada”?

Pára tudo!!!

Parei tudo e ele também, sentei em cima dos meus próprios pés e fiquei olhando pra ele, e mandei: Como assim??? Chuva dourada???

Então ele disse: Assim… sempre achei excitante essa coisa de cheiro, gosto, suor, melação, porra, e tudo mais que o corpo da gente produz quando nos excitamos e enquanto trepamos, e o xixi faz parte do corpo também, não é? É uma manifestação, por que sempre após o teu gozo você quer fazer xixi? Já parou para pensar nisso???

E eu fiquei ali, pensando, mas não por muito tempo, porque ele me puxou de volta pra cima dele e continuamos a nossa brincadeira…rsrsrsrs

Só que de alguma forma aquilo ficou ali no meu inconsciente, e depois, ficou martelando, martelando, martelando…

Sempre que eu sentava no vaso sanitário e fazia xixi lembrava da descrição que ele dera a isso: “Chuva Dourada”

E a idéia começou a me excitar cada vez mais… imagine, eu que já não preciso de muito pretexto para me excitar, me excitando também ao urinar… tinha que dar um jeito naquilo… e rapidinho…rs

Nos encontramos novamente e eu já com a idéia fixa, queria falar mais a respeito, queria saber mais, queria experimentar, e queria saber qual era….rsrsrs

Estávamos lá novamente entre um beijo e outro, uma mão e outra, e não conseguia (por qualquer razão que não sei dizer) falar a respeito da bendita “Chuva Dourada”, até que começamos a falar (adorávamos isso, no meio da transa falar, descrever, insinuar, instigar), e ele pergunta: pensou na “chuva dourada?”, eu mais que rápido respondi com um Sim, entre um gemido e outro, e ele me provocando mais perguntou: “e o que pensou?”

Falei que queria que ele me dissesse exatamente como queria que fosse, o que ele tinha pensado, como fazer, e essas coisas… e ele me dizia que queria me ver gozando muito na sua boca, e ia me lambendo, enquanto falava, me atiçava com dedos e língua, que queria sentir todo o meu gosto, e me lambia mais, que ia enfiar a língua toda dentro de mim, e me sentir estremecer, e fazia em seguida, e eu já não me segurava mais, deixava a onda de prazer ir subindo, descendo, me consumindo por completo até que gozei alucinadamente, e ele bebeu todo o meu gozo, me colocando em seguida virada, em cima de si mesmo, com a boca entre as minhas pernas disse: agora eu quero que você faça xixi em mim, quero senti-lo no meu pau, no meu rosto, na minha boca…  Eu nem pensei duas vezes, fiz xixi e fui passeando pelo corpo dele todo, cobrindo-o com a minha urina, e quando cheguei ao pau dele, caprichei e o vi gozando enquanto era urinado por mim.

Autora: Nathalia (intimo e pessoal )

http://intimoepessoal.wordpress.com/author/intimoepessoal/