Quantas vezes


Imagem

 sonhei com você me chupando.

Quantas vezes desejei teu corpo.

Quantas vezes imaginei você nua pra mim.

Durante muito tempo foi uma hipótese, agora é uma realidade.

Venha conhece nossa pagina no facebook : https://www.facebook.com/ComoDizerQueQueroVoce e também nosso Tumblr: http://comodizerquequerovoce.tumblr.com/ Sigo todos de volta 

Beijos calientes de Dona Menina 

Meus 18 anos com minha irmã e meu cunhado


Imagem

‘’MINHA IRMÃ E MEU CUNHADO’’
Meu nome é Lia, tenho 18 anos, e eu vou relatar a vocês como me tornei o brinquedo favorito do meu cunhado e da minha irmã.
Eu morava com os meus pais em Sorocaba, no interior de São Paulo, mas andei dando trabalho pra eles, rsrs, e eles já são de idade, então em uma reunião de família, estávamos: eu, meus pais, minha irmã e meu cunhado, e minha mãe começou a reclamar de mim, foi aí que minha irmã saiu com uma grande ideia: “Porque a senhora não deixa a Lia morar comigo e com o Miguel por uns meses?”, eu quase pirei, eu sabia que com a minha irmã o buraco seria mais embaixo, eu já tinha 18, ela ia querer que eu fosse pra faculdade. Implorei pra minha mãe não deixar ela me levar, mas não teve jeito, fui quase que arrastada pra Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro.
Minha irmã tem 29 anos e meu cunhado tem 30, ele é filho de um empresário, então os dois trabalham na empresa. Assim que chegamos ao apartamento deles, minha irmã e pegou minha mala, ela abriu e pegou meu cigarro e outras coisas, eu não entendi nada, e perguntei: – O que é que você tá fazendo? – Não pode usar essas coisas aqui Lia. Fiquei muito puta, mas não disse nada. Os dias foram passando, e eu até que estava me acostumando. Eu sempre visitava pelo meu notebook sites de vídeos pornô enquanto eles estavam trabalhando. Eu estava vendo um vídeo de uma mulher dando pra 2 caras, eles batiam nela e metiam aquelas picas gigantes na bunda e na buceta dela, ela gemia alto, comecei a me tocar nuazinha, minha pele branquinha arrepiada, meus olhos azuis se contorcendo de tesão, com meu cabelo loiro e liso caído sobre meus seios nus, com meus delicados dedos tocando minha pequena bucetinha. Quando caí em mim, vi minha irmã e meu cunhado parados na porta do quarto em que eu estava, um certo desespero tomou conta de mim, meu coração batia forte, Miguel disse: “Nossa Anallu, você tem uma irmã no mínimo safadinha”, isso me deixou envergonhada, eu corei e abaixei a cabeça, a Anallu riu e falou: “O que eu vou fazer com você hein maninha? Você dá um belo trabalho”, eles chegaram perto de mim e ela continuou: “Então você gosta de brincar né? A gente vai brincar com você”, Miguel trancou a porta e eles começaram a tirar a roupa, eu não conseguia falar nada, a voz não saía, Anallu continuava: “Fica calma, a gente vai cuidar bem de você”, e Miguel completava: “Você só tem que fazer tudo que a gente mandar”, eu fiz que sim com a cabeça, eles sorriram, Miguel veio por cima de mim, colocando a pica na minha boca, eu estava com um pouco de nojo e medo, mas comecei a chupar a pica dele, enquanto minha irmã se tocava olhando pra gente, ele segurava a minha cabeça e puxava com força contra a pica dele, eu sentia crescer na minha boca, então ele tirou e disse: “Fica de 4”, obedeci de imediato, ele meteu tudo sem dó na minha buceta, soltei um gemido alto, minha irmã se deitou na minha frente deixando sua buceta no meu rosto, não esperei ela mandar, caí de boca, estava molhadinha, Miguel me dava tapas na bunda, eu comecei a rebolar, Anallu se contorcia na cama com minha língua na sua xana, ela me dizia: “Chupa a minha buceta, sua vadiazinha, chupa gostoso”, eu chupava com tesão, agora estava adorando ser a vadiazinha deles, Miguel tirou a pica da minha buceta e começou a enfiar devagarzinho na minha bunda, senti um desconforto, minha irmã puxou minhas mãos e as colocou nos seus seios, me deixando sem apoio, Miguel metia forte e estava doendo um pouco, minha irmã gemia alto e gozou na minha boca, lamber ela todinha me encheu de tesão, gozei também, rebolando na pica do meu cunhado, ele tirou a pica da minha bunda, me puxou e disse: “Quero gozar na tua boca”, então forçou minha cabeça pra baixo, abocanhei aquela rola enorme, engolindo tudo, senti ele estremecer e encher minha boca de porra. Deitamos todos na cama e nos recompomos, minha irmã então começou a chupá-lo, e Miguel me puxou pelos calcanhares e começou a me chupar, que tesão, minha irmã subiu em cima dele, cavalgando na sua pica, e ele me chupava, não aguentei muito e gozei, logo depois Miguel e minha irmã gozaram juntos. Depois desse dia nós transamos sempre, sou o brinquedinho deles, e acho isso muito sexy, fazem comigo o que querem, e eu adoro agradar meus donos.